sexta-feira, 17 de abril de 2009

BANZADO 3


Há já muito tempo que o líder do PS/Aveiro, Raul Martins, vem criticando no seu blog a decisão da Câmara de Aveiro de ter optado por uma taxa fixa em vez de uma taxa variável, para o empréstimo de 58 milhões de euros contraído no ano passado junto da Caixa Geral de Depósitos.
Agora, o vereador Pedro Ferreira veio anunciar que a autarquia está a renegociar as condições do empréstimo para tentar obter taxas melhores, dando razão às críticas dos socialistas.
Ainda assim, o vereador encheu-se de brio e veio dizer para os jornais que está disponível para ensinar o dr. Raul Martins a ser gestor.
Ora, se o dr. Pedro Ferreira tem números que provam que tomou uma boa decisão, então tem de os mostrar e explicar aos aveirenses porque escolheu esta opção.
Basta de mediocridade na gestão dos dinheiros públicos!

1 comentário:

O provinciano disse...

O Nepotismo desenfreado que subsiste nas Câmaras, partidos, empresas municipais e por ai fora é tão óbvio que chega a ser irritante constatar que existem pessoas que aindam dão o benefício da dúvida a estes cromos que, se não fosse a Câmara, nem sequer tinham condições de desputar o mercado de trabalho, tal a incompetência.Tenho a certeza que este senhor tem um lugar garantido num Banco ou numa empresa qualquer (municipal talvez).Em circunstâncias normais eu não o queria numa caixa de hipermercado.